VEREADORES COBRAM RETOMADA E AMPLIAÇÃO DAS FRENTES DE TRABALHO

Nicolaci e Doidão destacaram a importância da iniciativa (prevista na Lei Municipal 3.314/2006), que tem como principal objetivo oferecer qualificação profissional e renda a cidadãos que estão desempregados e em situação de alta vulnerabilidade social

Na sessão legislativa da última terça-feira (14), os vereadores Ronald Nicolaci Fincatti (DEM) e José Nilton Doidão (PPS) usaram a tribuna do plenário para cobrar do Executivo informações a respeito do Programa Emergencial de Auxilio Desemprego, mais conhecido como 'Frente de Trabalho'.

Ambos destacaram a importância da iniciativa (prevista na Lei Municipal 3.314/2006), que tem como principal objetivo oferecer qualificação profissional e renda a cidadãos que estão desempregados e em situação de alta vulnerabilidade social.

O programa prevê o recrutamento de até mil trabalhadores, para desempenhar atividades de limpeza, conservação e manutenção dos órgãos públicos municipais.

"Nesse momento de crise, é fundamental que o Município adote medidas de apoio aos trabalhadores", enfatizou Nicolaci, que apresentou indicação ao prefeito Válter Suman, sugerindo ações nesse sentido.

DÚVIDAS
Já o vereador José Nilton Doidão apresentou requerimento (aprovado em regime de urgência e preferência), onde elencou 14 perguntas ao chefe do Executivo, todas acerca do programa.

Entre os principais questionamentos, o número de pessoas que atualmente participa das frentes de trabalho, incluindo idosos, deficientes, mulheres e jovens.

O vereador também pediu esclarecimentos acerca do valor existente no Fundo de Combate ao Desemprego e, sobretudo, se recursos provenientes desse fundo foram utilizados em projetos com tal finalidade.

"Embora estejam previstas mil vagas no programa, há dúvidas se elas estão sendo ocupadas, e em quais setores", justificou Doidão, que defende não apenas a retomada do programa, como também a sua ampliação.


Publicado em: 17 de março de 2017

Publicado por: ASSESSORIA

Cadastre-se e receba notícias em seu email