PLENÁRIO APROVA PROJETO QUE VISA MAIOR CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE A EPILEPSIA

De autoria do vereador Vargas (PSB), nova lei institui o 'Dia Municipal da Epilepsia' e a campanha 'Março Roxo', com objetivo de chamar a atenção da população sobre a importância do tratamento a essa doença

O legislativo municipal aprovou, na última terça-feira (16), o Projeto de Lei n° 028/2017, do vereador Carlos Eduardo Vargas da Silva (PSB).

A iniciativa, que segue para análise do prefeito Válter Suman (PSB), tem por objetivo instituir o 'Dia Municipal da Epilepsia' - a ser comemorado todos os dias 26 de março - e a campanha 'Março Roxo', para despertar maior conscientização da população em relação a essa doença.

A epilepsia é um distúrbio que atinge aproximadamente 8 milhões de pessoas por todo mundo. Desse número, quase metade das pessoas não recebe o tratamento necessário devido a má divulgação sobre como o distúrbio se apresenta no corpo e mente humana.

O autor do projeto comenta que a falta de conhecimento sobre o problema acarreta, em muitas vezes, inúmeros prejuízos aos pacientes e seus familiares. "A discriminação dificulta a inserção dessas pessoas na sociedade, principalmente na obtenção de empregos e ingresso nas faculdades e empecilhos financeiros para conseguir medicamentos".

SAIBA MAIS

A epilepsia é uma afecção que se manifesta por crises de perda da consciência, acompanhadas de convulsões, que surgem em intervalos irregulares de tempo. Se sancionada, a lei ajudará muito no tratamento de pessoas no Município. Estudos apontam que, com o devido tratamento, 75% dos casos conseguem ter uma melhora significativa com relação às crises epiléticas.

Repórter Universitário – Rafael Nunes


Publicado em: 18 de maio de 2017

Publicado por: ASSESSORIA

Cadastre-se e receba notícias em seu email