LEGISLATIVO AUTORIZA INSTALAÇÃO DE 'PARKLETS' EM ESPAÇOS PÚBLICOS

Trata-se de uma alternativa rápida e eficaz para áreas desprovidas de espaços públicos. Sua implantação permite que uma comunidade reinvente seu próprio espaço de convívio, construindo novos imaginários possíveis de cidade.

Em sessão realizada na última terça-feira (6), os vereadores aprovaram o Projeto de Lei n° 033/2017, de autoria do vereador Mário Lúcio da Conceição (PR), que prevê a criação do “Programa de Áreas Verdes de Convivência”, a partir da instalação de “parklets” - estruturas móveis destinadas a extensão temporária de passeios públicos - a exemplo do que já existe em São Paulo e dezenas de cidades dos Estados Unidos.
 
Trata-se de uma alternativa rápida e eficaz para áreas desprovidas de espaços públicos. Sua implantação permite que uma comunidade reinvente seu próprio espaço de convívio, construindo novos imaginários possíveis de cidade. 
 
Em São Paulo, o conceito de parklets surgiu em 2012, e sua primeira implantação ocorreu em 2013, dando início ao processo de regulamentação. Atualmente, a cidade já conta com 126 parklets implantados – 94 privados e 32 públicos. 
 
Em Guarujá, o projeto tem como principal proposta a ampliação de áreas de lazer, por meio de plataformas sobre áreas do leito carroçável da via pública, equipadas com diversos objetos como bancos, floreiras, mesas, cadeiras, guarda-sóis ou outros elementos de mobiliário.
 
De acordo com a proposta aprovada pelo legislativo, tanto o projeto, como a construção e manutenção dos parklets serão opcionais e de plena responsabilidade dos proprietários. 
 
"Isso ajudará muito na melhoria da infraestrutura urbana e qualidade de vida das pessoas, humanizando e efetuando a democratização do uso das vias públicas", destaca o autor da proposta. Para ele, os espaços públicos devem refletir as necessidades e os anseios dos seus usuários.
 
O texto segue agora para análise do prefeito Válter Suman (PSB), a quem cabe sancioná-la ou vetá-la.


Publicado em: 12 de junho de 2017

Publicado por: ASSESSORIA

Cadastre-se e receba notícias em seu email