Acessibilidade   |   Aumentar Fonte   |   Contraste

VEREADOR QUESTIONA CORREIOS SOBRE ÁREAS DE RESTRIÇÃO PARA ENTREGAS

Raphael Vitiello (PSDB) quer saber se os critérios estabelecidos pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos realmente se justificam; objetivo é melhorar a qualidade do serviço, que tem sido alvo de inúmeras reclamações

O plenário da Câmara Municipal de Guarujá aprovou, no último dia 26, o Requerimento nº 008/2019, de autoria do vereador Raphael Vitiello (PSDB), que questiona os Correios (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) sobre as áreas consideradas restritas para a entrega de mercadorias, em Guarujá e Vicente de Carvalho.  
 
O documento pede esclarecimentos acerca da demanda de serviços na região e a quantidade de funcionários que atualmente trabalham no atendimento, a fim de identificar a razão de inúmeras reclamações que vem sendo encaminhadas por munícipes.
 
Também são solicitadas, de forma detalhada, quais são as áreas consideradas de risco para as entregas no município e, sobretudo, os critérios que embasam esse tipo de definição. 
 
O objetivo, segundo o vereador, é confrontar essas informações com os índices de roubos e furtos medidos pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), de modo a avaliar se realmente se justificam.
 
"Precisamos entender o que de fato tem prejudicado esse serviço e, a partir daí, apontar as ações necessárias para solucionar os problemas, garantindo um serviço de melhor qualidade para o usuário", enfatiza Vitiello. 
 
TRÂMITE - Com a aprovação do plenário, o requerimento foi enviado para a companhia, que terá prazo de 15 dias (a contar da data de recebimento e com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período) para responder aos questionamentos.
 
(Texto: Franciele Ferreira, repórter universitária)


Publicado em: 28 de fevereiro de 2019

Publicado por: ASSESSORIA