Acessibilidade   |   Aumentar Fonte   |   Contraste

ESCOLAS REALIZAM ELEIÇÕES PARA O PARLAMENTO JOVEM

Até agosto, serão definidos os 17 vereadores juvenis que representarão cada escola participante. Durante um ano, eles deverão apresentar projetos que atendam as demandas os estudantes - e que poderão de fato se tornar leis municipais

Dezessete escolas da rede pública de Guarujá realizam, a partir deste mês de junho, eleições para o Parlamento Jovem. A iniciativa, capitaneada pela Escola do Legislativo de Guarujá (ELG), tem por objetivo trabalhar o exercício da cidadania entre jovens que estão na faixa etária de 14 a 18 anos (mais detalhes abaixo). 
 
DOIS MIL ALUNOS
O processo eleitoral envolve mais de dois mil alunos, todos de turmas do 9º ano do Ensino Fundamental. Cada escola elegerá um representante, que terá por missão apresentar propostas voltadas à melhoria da Cidade e que, sobretudo, atendam as demandas dos estudantes.
 
Seis escolas municipais já realizaram eleições e definiram seus representantes. Outras cinco escolas farão o pleito nesta terça-feira (18) e quarta-feira (19). E as demais, até o início do mês de agosto.
 
MANDATOS
O mandato dos vereadores juvenis será de um ano, a contar da data de diplomação e posse - que também serão realizadas em agosto. Já a primeiras sessões do Parlamento Jovem ocorrerão em setembro. 
 
Todos os projetos que forem aprovados serão depois encaminhados à Mesa Diretora da Câmara Municipal que, por sua vez, poderá encampá-los, tornando-os de fato válidos e passíveis de promulgação.
 
CANDIDATURAS
As candidaturas foram definidas ao longo do mês de maio, quando representantes da Escola do Legislativo de Guarujá (ELG) estiveram nas escolas participantes. Eles explicaram aos alunos sobre como funciona o projeto e a sua importância.
 
Daí em diante, postulantes registraram suas chapas, anunciaram suas plataformas e fizeram suas respectivas campanhas. A expectativa é que até agosto sejam definidos os nomes de todos 17 vereadores juvenis.
 
A partir de agosto eles aprenderão, na prática, como funciona o Legislativo Municipal. Vivenciarão como se desenvolvem as relações entre o poder público e a comunidade, além de poderem avaliar o papel do vereador e sua importância.
 
SAIBA MAIS
A criação do projeto 'Parlamento Jovem' foi aprovada pelos vereadores no último mês de novembro. A iniciativa segue moldes já adotados com sucesso em São Paulo, Belo Horizonte, Jundiaí, Votuporanga, dentre centenas de outras localidades. 
 
As atividades estão a cargo da Escola do Legislativo de Guarujá (ELG) - órgão que compõe a estrutura da Câmara Municipal e tem por missão justamente trabalhar ações educativas, voltadas a servidores e à população em geral.


Publicado em: 17 de junho de 2019

Publicado por: ASSESSORIA