Acessibilidade   |   Aumentar Fonte   |   Contraste

DOAÇÃO DE LEITE MATERNO GANHA MÊS DE INCENTIVO NO CALENDÁRIO OFICIAL

Objetivo é incentivar mulheres que amamentam a doarem leite materno em benefício dos bebês prematuros ou de baixo peso; medida já está em vigor e amparada em lei

Foi sancionada no diário oficial do último dia 6/1 a Lei Municipal 4.761, que institui a campanha "Maio Branco", dedicada a ações voltadas à doação de leite humano.
 
A medida é originária do Projeto de Lei 252/2019, de autoria do vereador Pastor Sargento Marcos, e foi aprovada em dezembro pela Câmara Municipal.
 
O objetivo é incentivar mulheres que amamentam a doarem leite materno em benefício dos bebês prematuros ou de baixo peso (menos de 2,5 kg), internados em UTI Neonatal e que não podem ser amamentados diretamente no seio da mãe.
 
AÇÕES PREVISTAS
A nova lei prevê que, durante o mês de maio, pontos turísticos e monumentos conhecidos do município sejam enfeitados com laços brancos e realizadas atividades que visem à conscientização sobre a importância do ato solidário de doar leite materno.
 
“Os bebês que estão internados e não podem ser amamentados pelas próprias mães, com a doação, passam a ter a chance de receber os benefícios do leite materno, ganhando uma proteção maior e um alimento seguro", destaca o vereador autor da medida.
 
SAIBA MAIS
O Brasil dispõe do maior banco de leite humano do mundo. Bebês recém-nascidos que estão internados e não podem ser amamentados pelas mães têm a garantia de alimento seguro, de qualidade, e essencial para prematuros e de baixo peso.  
 
Cada um litro de leite materno doado pode servir para o consumo de 10 prematuros por dia. Com isso, a criança se desenvolve com saúde, ganha anticorpos contra infecções, diarreias e alergias, além de ter mais chances de recuperação quando ficam doentes.


Publicado em: 23 de janeiro de 2020

Publicado por: ASSESSORIA