APROVADA LEI QUE PREVÊ CRIAÇÃO DE ÁREAS ESPECÍFICAS PARA LAZER COM CÃES

Projeto de Lei 113/2017, de autoria do vereador Carlos Eduardo Vargas (PSB), visa garantir uma melhor convivência entre os frequentadores dos espaços públicos; texto segue agora para análise do prefeito Válter Suman (PSB)

O plenário da Câmara Municipal aprovou nesta terça-feira (26), por unanimidade, o Projeto de Lei 113/2017, de autoria do vereador Carlos Eduardo Vargas (PSB), que trata da criação de espaços públicos específicos para o lazer dos munícipes que estão acompanhados de seus cães de estimação.

Denominado “Praça do Cão”, o projeto autoriza a instalação de cercados para livre circulação de cães, em áreas públicas da Cidade (sobretudo, praças), fazendo com que haja um ambiente saudável, seguro e de interação entre animais domésticos e seus proprietários.

TRÂMITE
O texto segue agora para análise do prefeito Válter Suman (PSB). Se sancionado, se transforma em lei e entra em vigor a partir da sua data de públicação no Diário Oficial do Município.

O autor da proposta destaca que a medida garantirá uma melhor convivência entre os frequentadores dos espaços públicos e chama atenção para o elevado número de pessoas que hoje têm animais em suas residências.

“Em nossa cidade é notório que milhares de moradores têm algum animal em casa. Essa proposta é uma maneira de assegurar a integridade desses bichos, eliminando assim o risco de fugas, acidentes, facilitando o brincar e a interação dos animais", resume Vargas.

EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO
De acordo com ele, algumas cidades já trabalham com o projeto “Praça do Cão” e têm alcançado bons resultados. Santos, aliás, é um exemplo. Na cidade vizinha (vide foto), a iniciativa já conta com grande aceitação por parte do público e pode ser ampliada.

Texto: Rafael Nunes, repórter universitário


Publicado em: 27 de setembro de 2017

Publicado por: ASSESSORIA

Cadastre-se e receba notícias em seu email