Acessibilidade Aumentar Fonte Contraste

PROJETO INSTITUI 'PARLAMENTO JOVEM' NO LEGISLATIVO MUNICIPAL

Iniciativa que visa proporcionar aos estudantes o aprendizado das atividades do Poder Legislativo deve ser incorporada ao calendário de atividades da Câmara Municipal de Guarujá

Já presente em vários municípios do País, o projeto Parlamento Jovem - que visa proporcionar aos estudantes o aprendizado das atividades do Poder Legislativo - deve ser incorporado ao calendário de atividades da Câmara Municipal de Guarujá.

Nas próxima semanas, os vereadores analisam proposta de autoria do presidente do legislativo, Edilson Dias (PT), que prevê a criação do projeto, em âmbito local - nos mesmos moldes do que já existe em São Paulo, Belo Horizonte, Jundiaí, Votuporanga, dentre centenas de outras localidades.

De acordo com a proposta, a realização das atividades ficará a cargo da Escola do Legislativo de Guarujá (ELG) - órgão que compõe a estrutura da Câmara Municipal e tem por missão justamente trabalhar ações educativas, voltadas a servidores e à população em geral.

O Parlamento Jovem deverá ser constituído, alternadamente, por estudantes de 9ª séries do ensino fundamental e do ensino médio, que sejam eleitos por seus pares.

Os 17 alunos mais votados entre as escolas participantes serão empossados. A legislatura terá a duração de um dia, começando pela diplomação, seguida da posse dos vereadores e terminando com a redação dos autógrafos dos projetos aprovados e a publicação em edital.

"Ao longo dessas atividades, eles aprenderão, na prática, como funciona o Legislativo Municipal; vivenciarão como se desenvolvem as relações entre o poder público e a comunidade, além de poderem avaliar o papel do vereador e sua importância para a comunidade", resume Edilson Dias - convencido de que a proposta será aprovada por unanimidade.

A expectativa é que a primeira edição do projeto ocorra ainda este ano.


Publicado em: 20 de setembro de 2018

Publicado por: ASSESSORIA