Acessibilidade   |   Aumentar Fonte   |   Contraste

VEREADORA SOLICITA MAPEAMENTO DO SISTEMA DE COLETA DE ESGOTO

Andressa Salles quer um Raio-X das áreas que ainda não dispõem de redes coletoras, assim como dos locais onde há planejamento de instalação dessas estruturas

Por unanimidade de votos, foi aprovado na sessão desta terça-feira (26/2) o Requerimento Nº 269/2018, da vereadora Andressa Sales (PSB), que questiona a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) sobre as regiões atendidas pelos serviços de coleta e tratamento de esgoto, em Guarujá e Vicente de Carvalho.  

O documento também solicita o mapeamento das áreas que ainda não dispõem de redes coletoras, assim como dos locais onde há planejamento de instalação dessas estruturas e critérios utilizados para definí-los.   

A vereadora também pede detalhamento do número de domicílios que já são atendidos no Município.   O objetivo, segundo ela, é obter um Raio-X da situação atual dos serviços de saneamento básico e, sobretudo, como deve ser feita a ampliação do sistema.  

DADOS - Em Guarujá, a Sabesp é responsável pela execução dos serviços de água e esgoto desde 1975. Atualmente, ela conta com duas estações de tratamento de esgoto e mais de 412 quilômetros de extensão de redes coletoras.

O processamento da rede de esgoto do município acontece em dois sistemas: um no bairro da Vila Zilda e outro no Distrito de Vicente de Carvalho - sendo cada um com capacidade total de 1.930 litros por segundo.  

TRÂMITE - Com a aprovação do plenário, o requerimento segue agora para a presidente da companhia, que terá prazo de 15 dias (com possibilidade de prorrogação pelo mesmo período) para responder aos questionamentos.  

Para conferir o documento, na íntegra, basta acessar: https://bit.ly/2IrDFLb

(Texto: Franciele Ferreira, repórter universitária)


Publicado em: 27 de fevereiro de 2019

Publicado por: ASSESSORIA