Acessibilidade   |   Aumentar Fonte   |   Contraste

EMENDAS CUSTEIAM REFORMA NO CRPI 

Instituição foi beneficiada com a destinação de R$ 180 mil, que têm sido aplicados em serviços de recuperação de telhado, muros e fachada; troca de portões; readequação de sótão, além da substituição das redes elétrica, de telefonia e de internet

 
Recursos provenientes de emendas parlamentares, aprovadas pela Câmara Municipal, estão garantindo a reforma de várias estruturas do prédio do CRPI - Centro de Recuperação de Paralisia Infantil e Cerebral de Guarujá. 
 
A instituição, que é conveniada à Secretaria Municipal de Saúde, foi beneficiada com a destinação de R$ 180 mil, que têm sido aplicados em serviços de recuperação de telhado, muros e fachada; troca de portões; readequação de sótão, além da substituição das redes elétrica, de internet e de telefonia (detalhes a seguir).
 
ORIGEM
A verba resulta de quatro emendas impositivas que foram incluídas ao orçamento de 2019, pelos vereadores Luciano Tody, Raphael Vitiello,Toninho Salgado e Wanderley Maduro. O objetivo é oferecer melhor estrutura de atendimento às cerca de 400 crianças e adolescentes que fazem tratamento na instituição, através de parceria com a Prefeitura de Guarujá.
 
Segundo informações da entidade, a verba destinada pelos vereadores garantirá a reforma de todo o telhado do prédio, além da readequação do sótão, que está sendo preparado para guarda de materiais e arquivo morto de documentações. 
 
A rede elétrica também está sendo integralmente substituída, com tubulações externas antichama, cabos flexíveis contrários à propagação de fogo e sistemas de disjuntores segmentados por setor. O mesmo ocorre com as redes de internet e telefonia, que estão sendo integralmente trocadas.
 
MAIS OBRAS
O sistema de combate e prevenção a incêndios é outro item que está sendo requalificado com os recursos destinados pelos parlamentares. Há, ainda, uma antiga caixa d’água subterrânea, com capacidade para cerca de 12 mil litros, que está sendo recuperada. Dois terços desse volume, segundo a entidade, ficarão para alimentação das mangueiras de combate ao fogo. A outra parte se destinará a uma retaguarda do abastecimento da instituição. 
 
A central de alarme, tubulações, sinalizações e luzes de emergência também vêm sendo substituídas. 
 
Tubulações e fiações estão sendo realocadas, deixando a frente do imóvel limpa. O reboco antigo foi removido e a parede ganhará, em breve, revestimento cerâmico nas cores branca e verde. Além disso, o muro frontal foi reestruturado e também ganhará novo acabamento. 
 
Outra novidade virá com portões em alumínio branco, que substituirão os atuais, de madeira, acabando com custos de pintura e combate a pragas. Todas estas intervenções estão permitindo uma renovação da fachada do prédio. 
 
A previsão é que os trabalhos sejam totalmente concluídos no próximo mês de março.
 
FOTOS 
Para ter acesso a mais fotos, clique: https://bit.ly/390W9uv


Publicado em: 03 de fevereiro de 2020

Publicado por: ASSESSORIA