Acessibilidade Aumentar Fonte Contraste

COMISSÃO VAI MONITORAR SERVIÇOS DA EMPRESA FORTNORT

Objetivo é assegurar o cumprimento de metas contratuais, que incluem a conservação de pontos de luz em todos os bairros de Guarujá e de mais dois bairros de Vicente de Carvalho, além a iluminação ornamental de avenidas e praças

Uma comissão parlamentar, formada por cinco vereadores, vai monitorar os serviços de manutenção e expansão do parque de iluminação pública do Município, que desde maio estão a cargo da empresa FortNort Desenvolvimento Ambiental e Urbano.
 
A formação do grupo foi aprovada na sessão desta terça-feira (11), pela unanimidade dos vereadores, e terá como principal objetivo assegurar o cumprimento de metas contratuais, que incluem a conservação de postes em todos os bairros de Guarujá, até o Rabo do Dragão, assim como do Sítio Conceiçãozinha e Jardim Boa Esperança.
 
A comissão ainda vai monitorar a iluminação ornamental de avenidas e praças, inclusive de Vicente de Carvalho, que também estão a cargo da mesma empresa. O trabalho terá duração de 180 dias e, ao final, um relatório será produzido e analisado pelo plenário, a quem caberá definir quais providências deverão ser adotadas.
 
COMPOSIÇÃO
A proposta de criação do grupo partiu do vereador e líder do governo Sérgio Santa Cruz (PRB) - que também será o presidente da comissão. A relatoria ficará a cargo do vereador Toninho Salgado (PSD), e os demais membros serão os vereadores Luciano Tody (MDB), Fernando Peitola (PSDB) e Juninho Eroso (PP).
 
QUEIXAS
Desde o início deste mês, os vereadores vem cobrando mais agilidade em relação aos serviços da Fortnort. Ainda na sessão do último dia 4, uma indicação, assinada por todos os edis, foi encaminhada ao prefeito Válter Suman, chamando atenção para aparente demora na recuperação de centenas pontos de luz que há meses permanecem sem reparos.
 
POUCOS AVANÇOS
"A verdade é que, até agora, poucos avanços foram observados. Embora tenhamos aprovado um reajuste de 50% na Cosip (Contribuição de Custeio da Iluminação Pública), que começou a valer em março, e que será novamente reajustado no ano que vem, nossa cidade ainda está às escuras", resume o vereador Toninho Salgado.
 
SAIBA MAIS
Desde março deste ano, os contribuintes guarujaenses pagam 50% a mais de taxa de Contribuição de Custeio da Iluminação Pública (Cosip). A medida foi aprovada em dezembro de 2017, pela Câmara Municipal. Inicialmente, o Executivo queria que o reajuste fosse de 100%, mas, após negociações com os vereadores, chegou-se ao consenso de que esse aumento seria escalonado, metade em 2018 e outra metade em 2019.
 
Dessa forma, os valores cobrados a partir de março de 2018 passaram a ser, respectivamente, de: R$ 2,25 para contribuintes de baixa renda; R$ 9,00 para contribuintes residenciais e R$ 22,50 para comércios.
 
Em 2019, conforme prevê a Lei Complementar 067, os valores deverão ser elevados para, respectivamente, R$ 3,00, R$ 12,00 e R$ 30,00.
 
DETALHES
O parque de iluminação pública de Guarujá é composto por 39 mil lâmpadas a vapor. Além da manutenção delas, a Fortnort tem como compromisso realizar a troca de mil lâmpadas, por LEDs, e instalar novos braços de luz. Estima-se que, atualmente, 30% do parque guarujaense esteja apagado, o que representa cerca de nove mil pontos.
 
O contrato entre a Prefeitura e a Fortnort foi firmado em 11 de maio, em substituição à empresa Elecktro. Ele tem duração de 12 meses e está estimado em R$ 5,7 milhões. Entretanto, não inclui a grande maioria dos bairros de Vicente de Carvalho, onde a iluminação permanece sob responsabilidade da CPFL, e é gerida por meio de outro contrato.


Publicado em: 12 de setembro de 2018

Publicado por: ASSESSORIA