FARMÁCIAS CREDENCIADAS AO PROGRAMA 'SAÚDE NÃO TEM PREÇO' TERÃO DE EXIBIR LISTA DE MEDICAMENTOS

Texto foi aprovado por unanimidade e segue agora para análise do Executivo; objetivo é facilitar a distribuição de medicamentos gratuitos à população mais carente da Cidadea

Na sessão da última terça-feira (30), a Câmara Municipal do Guarujá aprovou, por unanimidade de votos, o Projeto de Lei n° 070/2017, de autoria do vereador Bispo Mauro (PRB), que determina a afixação de lista, em local visível, com os medicamentos gratuitos que estão disponíveis nas farmácias credenciadas à campanha 'Saúde Não Tem Preço'- que integra o programa 'Aqui tem Farmácia Popular', do Governo Federal.

O objetivo, segundo o autor da medida, é facilitar a distribuição de medicamentos gratuitos à população mais carente da Cidade. "Muitas vezes, por pura desinformação, as pessoas acabam não tendo o auxílio que necessitam. Ou seja, o governo garante a distribuição de um grande número de remédios, mas nem sempre acaba atingindo o contingente que precisa", argumenta o vereador, convencido da necessidade de dar maior publicidade a essas informações.

O texto segue agora para a análise do prefeito Válter Suman (PSB), a quem cabe sancioná-lo ou vetá-lo.

SAIBA MAIS
A campanha “Saúde Não Tem Preço” tem o objetivo de disponibilizar, gratuitamente, medicamentos indicados para o tratamento de hipertensão, diabetes e asma nas farmácias e drogarias credenciadas no “Aqui Tem Farmácia Popular”.

Isso porque, no Brasil, a hipertensão arterial é diagnosticada em cerca de 33 milhões de brasileiros. Destes, 80% (ou aproximadamente 22,6 milhões de hipertensos) são atendidos na rede pública de saúde. Entre os 7,5 milhões de diabéticos diagnosticados no país, seis milhões (o equivalente a 80% do total) recebem assistência no SUS.

Daí o motivo da campanha, que conta com o apoio de produtores e distribuidores da indústria farmacêutica, e tem por objetivo viabilizar a gratuidade dos medicamentos para hipertensão e diabetes disponíveis no Programa Farmácia Popular do Brasil.


Publicado em: 05 de junho de 2017

Publicado por: ASSESSORIA

Cadastre-se e receba notícias em seu email