Acessibilidade Aumentar Fonte Contraste

AUDIÊNCIA DISCUTE O ORÇAMENTO DO GOVERNO ESTADUAL PARA 2019

Objetivo foi recolher sugestões, ideias e propostas de todo e qualquer cidadão interessado, que servirão para aprimorar a qualidade dos investimentos do Governo do Estado no próximo ano

A Câmara Municipal de Guarujá recebeu na noite desta segunda-feira (25/06) audiência pública, promovida pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), com objetivo de discutir a proposta de lei orçamentária do governo estadual para o ano de 2019.

Estiveram presentes o deputado estadual Wellington Moura (PRB), presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Alesp, e o deputado estadual Enio Tatto (PT), que também é membro da comissão.

Também participaram da audiência o presidente do legislativo municipal, Edilson Dias (PT) e os vereadores Bispo Mauro (PRB), Carlos Eduardo Vargas (PSB), Manoel Francisco Nequinho (PMN) e Toninho Salgado (PSD).

OBJETIVO
O objetivo do encontro foi recolher sugestões, ideias e propostas de todo e qualquer cidadão interessado, para aprimorar a qualidade dos investimentos do Governo, no orçamento do ano que vem.

Desde o início deste mês de junho, a Assembleia Legislativa já promoveu 14 audiências públicas com essa mesma finalidade, em municípios das mais diversas regiões do território paulista. Além de Guarujá, outros três encontros ainda serão realizadas ao longo deste mês.

Mais detalhes em:
https://www.al.sp.gov.br/alesp/audiencia-publica/?id=120

COMO FUNCIONA

Durante essas audiências, cidadãos podem apresentar sugestões, ideias e propostas, que serão coletadas pelos membros da comissão. Participantes podem usar a triubuna, durante três minutos, para fazer suas explanações; ou fazer isso por escrito, através de fichas; ou, também, pelo site da Alesp: https://www.al.sp.gov.br/alesp/audiencia-publica/?id=120

Desde 2013, a Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Alesp realiza esse trabalho, como forma de tornar sua atuação mais participativa e, sobretudo, identificar prioridades regionais.


Publicado em: 25 de junho de 2018

Publicado por: ASSESSORIA